Casos tem acelerado nos últimos 15 dias.

O Governo Estadual de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria Estadual de Saúde divulgou a atualização do mapeamento genômico da covid-19 em nosso Estado. Duas cidades da região norte de MS, Rio Verde e Costa Rica registraram as variantes P.1 e P.2 foram encontradas em pacientes com coronavírus. A P.1 detectada em dois pacientes de Costa Rica e a P.2 em um de Rio Verde.

A P.1 foi a que surgiu em Manaus (AM) altamente transmissível e com maior potencial de gravidade. De acordo com estudos pela Fiocruz (Fundação Osvaldo Cruz revela que a P.1 tem o poder de replicar mais dentro do organismo, causando maior carga viral nos pacientes. A P.2 é semelhante, mas com origem no Rio de Janeiro (RJ).

Na cidade de Coxim, polo de referência para o tratamento da covid-19 em toda a região norte do MS apenas a variantes B.1.1.33, comum em todo o estado. Entretanto não fi descartado da cidade já está com as variantes em circulação, pois esses exames são feitas de forma aleatória.

Casos tem acelerado nos últimos 15 dias o que desperta a desconfiança das autoridades em saúde de que as variantes mais letais estejam de fato circulando na região

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here