Religioso, ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 1984, faleceu em decorrência de complicações relacionadas a um câncer de próstata.

247

O arcebispo sul-africano Desmond Tutu, ganhador do Prêmio Nobel da Paz, faleceu na  madrugada deste domingo (26) aos 90 anos em decorrência de complicações relacionadas a um câncer de próstata. “No final das contas, aos 90 anos, ele morreu pacificamente no Oasis Frail Care Centre na Cidade do Cabo esta manhã”, disse a doutora Ramphela Mamphele, presidente interino do Archbishop Desmond Tutu IP Trust e Coordenador do Office of the Archbishop em uma declaração em nome da família.

Desmond Tuti ganhou o Prêmio Nobel da Paz em 1984 em função de sua oposição de resistência não violenta ao apartaheid, regime da minoria branca que governava a África do Sul. Após o fim do apartheid, ele presidiu uma Comissão de Verdade e Reconciliação com o objetivo de revelar e identificar os crimes cometidos pelo regime.

“O falecimento do arcebispo emérito Desmond Tutu é outro capítulo de luto na despedida de nossa nação a uma geração de notáveis ​​sul-africanos que nos legou uma África do Sul libertada”, lamentou o presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here