Um homem procurou a polícia para prestar queixa contra a namorada, após contrair herpes. Isso ocorreu em agosto, mas somente neste sábado, 24 de novembro ele resolveu prestar queixa. O caso foi registrado como perigo de contágio venéreo.

Durante os relatos de sua queixa na polícia, o cidadão foi específico em dizer que estaria infectado com herpes simples tipo I e II e teria contraído a doença venérea, supostamente transmitida pela namorada, de 22 anos depois de manterem relações sexuais sem usar proteção.

Ele percebeu a infeção depois que algumas feridas surgiram na sua boca. Ele procurou orientação médica, onde realizou exames que teriam detectado a doença. Depois disso entrou em contado com a namorada e ela relatou que também possuía a enfermidade.

O caso foi registrado como perigo de contágio venéreo. E o namorico, certamente teve fim.

Cuide-se:O uso de preservativos não previne somente gravidez não planejada, mas, também muitas doenças sexualmente transmissíveis como, além da herpes simples, contraída por ele, aids, alguns tipos de hepatites e sífilis.