Governo Reinaldo reduz também tarifa de esgoto em 20% 

Na ordem, da esquerda à direita: diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Jr.; governador Reinaldo Azambuja e diretor-presidente da Agems, Carlos Alberto de Assis. (Foto: Marcos Maluf) – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

CAMPO GRANDE NEWS

O Governo do Estado anunciou nesta quarta-feira (1º), a redução de 3,13% na tarifa média de água e esgoto nas 68 cidades atendidas pela Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul). O novo valor vale a partir de 1º de janeiro.

Por outro lado, a tarifa mínima será extinta. A diminuição vem logo após estudo e audiência pública, nunca antes realizada para este fim. “Só será cobrada a taxa de ligação de R$ 13”, garantiu o governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Esse valor vale tanto para 215 mil famílias como para 40 mil pequenos comércios. A taxa de esgotamento sanitário passa a ser 50% do valor da água. “Na Capital, onde o serviço é privatizado, paga-se 70%. E no interior, vamos reduzir para 50%, diminuindo o custo”, explicou Reinaldo.

A redução será ainda maior para as 12 mil famílias de baixa renda beneficiárias da tarifa social. “Nunca na história havia sido feita revisão da tarifa com estudo técnico e audiência pública com a colaboração de pequenos usuários. Essa mexida não vai prejudicar os ganhos da nossa empresa de saneamento”, disse o diretor-presidente da Agems (Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos), Carlos Alberto de Assis.

A portaria disciplinando os novos valores será publicada ainda hoje em edição extra do Diário Oficial do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here