Delcídio aparecia com 51% e Azambuja, 49%; deu Azambuja governador.

por:Paulo da Silva

As eleições para governador e presidente serão decididas neste domingo (28). O fato curioso é que os números dos principais institutos de pesquisa apresentam os dois candidatos ao governo de Mato Grosso do Sul, tecnicamente empatados. O mesmo ocorreu nas eleições de 2014, quando disputavam Delcídio do Amaral (PT) e Reinaldo Azambuja (PSDB). Azambuja, portanto, foi eleito com 741.516 (55.34%). Delcidio teve 598.461 (44.66%).

Hoje, com Reinaldo buscando a reeleição disputando com juiz Odilon, a situação é parecida. O pleito de 2018 para governador é como os últimos capítulos de novelas regadas a reviravoltas e resultados surpreendentes para ambos os lados. Outros números que chamam a atenção são os gastos do governo de Azambuja com publicidade, o que levanta suspeitas de pesquisas encomendas a gosto do freguês para induzir o eleitor a decidir o voto.

Por fim, o suspense termina neste domingo, após a divulgação oficial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Haja adrenalina!