O PDT deverá apresentar o vice na chapa do juiz Odilon que fez fama internacional quando atuou no judiciário. 

por:Paulo da Silva

O Partido Democrático Trabalhista, o PDT marcou para o dia 21 de julho a convenção que irá confirmar,  o juiz Odilon de Oliveira na disputa pelo governo de Mato Grosso do Sul. A executiva do partido, sob o comando de João Leite Schimidt enviou a convocação para a convenção eleitoral a todos os partidários.

Publicidade:Em sonora, valorize o comércio local

Schimidt figura icônica do partido no Estado, deixou a presidência da sigla em MS para se dedicar exclusivamente a campanha de Odilon, neófito na política e que deverá “peitar”  nomes de peso, como André Puccinelli(MDB) e Reinaldo Azambuja(PSDB), que tentará a reeleição, entre outros candidatos de expressão política pequena no Estado.

Uma festa com direito a foguetório e falas empolgantes está reservada para a vinda do Presidente Nacional do Partido, Carlos Lupi, além de Ciro Gomes pré-candidato ao Palácio do Planalto.

 André e Reinaldo…

Outros nomes de pesos já se organizam para as convenções partidárias em MS. ‘Andrezistas’ planejavam se lançar dia 21, porém a data não batia com a agenda do partido em outras localidades. Cogita-se uma nova data para o dia 03 de agosto. A convenção tucana é cercada de mistérios. Tranquilo, Reinaldo Azambuja do PSDB parece distante do dia do encontro emblemático rumo a sua tentativa de continuar despachando na governadoria a partir de 2019.