Com a desistência de Moro, a terceira via derrete. Bolsonaro ganha 5 pontos. Lula venceria no primeiro turno com 45% dos votos; os demais têm 43% – 51% para Lula em votos válidos.

247

A primeira pesquisa presencial Quaest, patrocinada pela Genial Investimentos, após a desistência do ex-juiz parcial Sergio Moro (União Brasil-SP) de disputar a Presidência foi divulgada nesta quinta-feira (7) e mostra o ex-presidente Lula (PT) com possibilidade de vencer no primeiro turno.

Lula tem 45% das intenções, oscilando 1 ponto para cima em relação ao levantamento anterior. Jair Bolsonaro (PL) passa de 26% para 31%. Ciro Gomes (PDT) perdeu um ponto com a saída de Moro, oscilando de 7% para 6%, dentro da margem de erro. João Doria (PSDB) mantém os 2% da pesquisa anterior.

Ainda com a desistência de Moro e a transferência de votos para Bolsonaro, Lula venceria a disputa no primeiro turno, com 51,1% dos votos válidos no principal cenário estimulado.

 O sociólogo Marcos Coimbra, do instituto Vox Populi, havia previsto nesta terça-feira (5), no programa Giro das 11 da TV 247, que os votos do ex-juiz suspeito Sergio Moro na disputa presidencial irão migrar para Jair Bolsonaro: “os órfãos de Moro irão votar em Bolsonaro, porque detestam Lula e a esquerda”.

Coimbra explicou que “mesmo os moristas que não gostam do Bolsonaro irão votar nele, porque sempre votaram com a direita e não mudarão agora. A parcela que não for votar em Moro vai anular ou nem vai votar, mas é pouca representativa. O que não farão é votar em Lula”.

A pesquisa ouviu presencialmente 2.000 pessoas entre os dias 1 e 3 de abril. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o código BR-00372/2022.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here