Correu por meio quilômetro até perder as forças e cair.

Trator utilizado por vítima, que colidiu com toco de árvore. (Foto: Sidney Assis)

Firmino Borges de Moraes, de 59 anos, foi encontrado morto às 6h desta quarta-feira (27.abr.22), com sinais de picadas pelo corpo, caído há 500 metros de um trator, próximo de uma árvore, na fazenda que trabalhava em Pedro Gomes (MS).

A polícia suspeita que ele tenha sido atacado por abelhas no início da noite da terça-feira (26.abr.22).

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima era diarista na fazenda desde dezembro do ano passado. Na terça-feira (26.abr), pela manhã, ele foi trabalhar no campo e levou almoço, como costumava fazer todos os dias. Ele só retornava no final da tarde. Por volta das 17h de ontem, o funcionário da fazenda foi de motocicleta até o campo para buscar Firmino e retornar ao alojamento, no entanto, não o encontrou. O funcionário percebeu que o trator estava no local e retornou para fazenda pedir apoio aos colegas.

Três funcionários foram ao campo, se aproximaram do trator e identificaram um toco de madeira no triângulo do veículo, momento em que foram atacados por um enxame de abelhas. Eles se desvencilharam e começaram a procurar por Firmino, acreditando que estava longe por ter corrido das abelhas. A vítima não foi encontrada naquele momento, segundo relato.

Os funcionários retornaram mais uma vez até a sede da fazenda e pediram apoio de mais pessoas para auxiliarem nas buscas pela vítima, com a esperança de encontrarem Firmino vivo. Mais uma vez no campo, por volta das 19h, fizeram mais buscas em raio de seis quilômetros, mas, mais uma vez, sem sucesso.

Conforme apurado, Firmino colidiu o trator no toco de madeira, onde havia abelhas. Atacado pelos animais, ele saiu correndo, mas caiu próximo da árvore e foi atacado, no rosto e costas até a morte.

As reações desencadeadas por picadas de abelhas são variáveis de acordo com o local e com o número de ferroadas, as características e o passado alérgico do indivíduo atingido.

As manifestações clínicas podem ser: alérgicas (mesmo com uma só picada) e tóxicas (múltiplas picadas).

TÓXICAS: nos acidentes provocados por ataque múltiplo de abelhas (enxame) desenvolve-se um quadro tóxico generalizado denominado de síndrome de envenenamento, por causa da quantidade de veneno inoculada. Conforme a Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde do Brasil, dados indicativos mostram que dezenas de picadas podem causar hemólise (destruição dos glóbulos vermelhos do sangue). Alterações neurológicas como torpor e coma, hipotensão arterial e insuficiência renal aguda.

O caso foi registrado como morte a esclarecer, na delegacia de polícia, e será apurado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here