Em 2015, menina foi estuprada pelo pai.

Midiamax

A polícia da cidade de Dourados a 225 quilômetros de Campo Grande investiga a morte de uma adolescente de 14 anos, na manhã desta sexta-feira (24), em sua casa.

A garota identificada como, Lidiane de Souza Mendes, foi encontrada morta em um quarto da casa onde morava, em uma aldeia indígena, pela mãe de 31 anos. A polícia foi até o local e aparentemente não havia sinais de violência no corpo, segundo o site Dourados News.

Familiares contaram à polícia que há dias a menina estava reclamando de cansaço e dificuldades para respirar. Em 2015, Lidiane foi estuprada pelo próprio pai.

Na época com 10 anos, Lidiane acabou engravidando do pai e a gestação foi descoberta quando alunos da escola tiveram de tomar vacina contra a gripe, e os enfermeiros desconfiaram do tamanho da barriga da criança, que já estava grávida de cinco meses.

O Conselho Tutelar foi acionado quando da descoberta do caso, e Lidiane e teria contado ter sido estuprada pelo pai, que mora atualmente em Rio Brilhante.  O bebê da adolescente morreu ao nascer.