Representantes de várias igrejas retornaram a Casa de Leis para acompanhar a votação do projeto; projeto foi alterado e atende a outros seguimentos. 

O projeto de lei que atende líderes religiosos pedrogomenses foi aprovado por unanimidade, na noite desta segunda-feira (18) pela Câmara de Vereadores da cidade.  O projeto original do vereador Jairo dos Santos (Patri) foi substituído pelo vereador Anderson Luiz Mendes Fontoura, o Fontourinha (PTB) que colocou outros seguimentos no projeto.

O projeto de lei foi apresentado na Casa, no começo do mês por Jairo em que estabelece igrejas, templos de qualquer atividade religiosa, como sendo de “Atividade Essencial”, no município de Pedro Gomes.

O pastor Joel Monteiro que representa os pastores da cidade, fez uso ao final na tribuna e enalteceu a iniciativa do vereador Jairo e destacou o papel dos pastores das igrejas evangélicas na cidade, que atendem os munícipes com assistência espiritual e criticou quem não compreende o trabalho de um pastor, que de fato é essencial e colabora para a libertação das pessoas com problemas de natureza espiritual. “A igreja está cheia de pessoas libertas das drogas tanto lícitas como ilícitas”, discursou o pastor. Por fim, Joel citou um trecho bíblico que retrata bênçãos para o povo e voltou a enaltecer o trabalho do pastor. De modo geral agradeceu a aprovação do projeto pelos pares do legislativo.

Projeto alterado.

Nos bastidores foi citada a substituição do projeto pelo vereador Fontourinha (PTB). Alguns líderes reclamaram que a alteração atende outros seguimentos (não só religiosos) e sem querer acabou desprestigiando as igrejas, como foi proposto inicialmente pelo vereador Jairo. Esses outros seguimentos agregados não estavam presentes na sessão, somente os pastores. Opinaram que não havia necessidade da substituição do projeto. No entanto, Jairo na ocasião cumprimentou a iniciativa do vereador Fontourinha em acrescentar mais outros seguimento ao projeto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here