Autor do crime está foragido da Justiça.

por:Paulo da Silva e JM

O muro de uma residência na Nova Era-, bairro Marcelino amanheceu pichado na manhã desta quarta-feira (9). “Cleiton Justiça” foi escrito com tinta preta. Trata-se do assassinato de Cleiton Santos da Silva de 29 anos morto  com uma facada nas costas e que atingiu o coração, durante bebedeiras e discussão no  último dia 3.

Nota da redação: O OPORTALPNEWS  acabou cometendo um equívoco ao afirmar que o muro da residência apresentada nesta reportagem se tratava da casa do principal suspeito, o que é um erro. A residência que recebeu a pichação é de um outro envolvido também no mesmo crime. Este foi ouvido no dia do assassinato de Cleiton Santos Souza e depois liberado pela polícia, porém se encontra arrolado na apuração e elucidação do homicídio. 

As pichações teriam ocorrido durante a madrugada e foi na casa de um dos envolvidos no crime. O autor apontado pela polícia, como sendo José Maria da Silva, 33 anos se encontra foragido da justiça.

O caso:

Cleiton Santos da Silva de 29 anos foi morto com uma facada nas costas que atingiu o coração, durante uma discussão no início da noite da quinta-feira(3),  no conjunto Nova Era, anexo ao  bairro Marcelino. O crime ocorreu por conta de discussões entre Cleiton e José Maria da Silva, 33 anos que está sendo agora procurado pela polícia.

Foto:arquivo pessoal