Gastos com iluminação pública, pneus, funilarias, ar-condicionado, entre outros foram apontados valores exorbitantes que contratam com as carências dos itens nas referidas pastas.

por:Paulo da Silva

O vereador Jairo dos Santos (Patri) ao fazer uso na tribuna, durante a sua fala expôs os gastos das secretarias da gestão do prefeito William Fontoura (PP) e citou a de Obras sobre a responsabilidade de Vinicius Dassi, citando dados descritos no Portal da Transparência.

Jairo questionou gastos como a compra de pneus num valor total de R$ 260. 932,00 (Duzentos e sessenta mil, novecentos e trinta e dois) somente com a compra do item. Jairo cobrou o aval do fiscal que fiscaliza essas compras que foram feitas lembra que servidores queixam da falta de pneus para o maquinário municipal. Jairo apontou a compra de notebook comprados no estado de Goiás, sendo que no estado de Mato Grosso do Sul tem por valores mais baratos. “Por que comprar em Goiânia se aqui no nosso estado tem em valores mais em conta”. O vereador foi aparteado pelo vereador Nicanor Farias (PSDB) que criticou a compra de materiais fora do nosso estado e do município. “O nosso comerciante do nosso município não ganha essas licitações, é tudo comerciantes de fora, tem que ter uma lei que proíbe isso”, disse Nicanor.

Jairo apontou os gastos em serviços de eletricidade pela prefeitura. São três empresas que prestam os serviços; R$ 154. 970 (Cento e cinquenta e quatro mil, novecentos e setenta) é um pouco assustador os gastos, quem está assinando terá responder com clareza”, observou Jairo. Serviços de Funilaria, R$ 49. 014. (quarenta e nove mil com quatorze centavos) “Quer dizer que nossos carros só andam batendo”, ironizou Jairo. Tornearia R$187.780, (Cento e oitenta sete mil setecentos e oitenta) ar-condicionado R$ 86. 109,05. (Oitenta e seis mil cento e nove reais com cinco centavos). São valores que estão sendo gastos. E o município se encontra em uma situação desagradável, numa forma de dizer que há gastos, mais a situação da cidade está caótica. Apontou ruas esburacadas e matagais que tomam conta das ruas.

Ainda durante a sua fala, que recebia expressões e múrmuros de Professores presentes que também se surpreenderam com os gastos apresentados durante a fala do parlamentar. Que o vereador está fazendo o seu papel de cobrar. Falou que a prefeitura tem quase R$ 17 milhões em caixa e retornou os gastos com a iluminação pública que é paga pela população e as ruas continuam nas escuras.

O parlamentar promete ir a fundo nos gastos realizados pela gestão do prefeito, lança dúvidas sobre a lisura dos valores apontados. Não descarta acionar o Ministério Público para que se investigue a fundo os valores gastos, que nada mais é, dinheiro do contribuinte e diz estar fazendo o seu papel, de vereador que uma das funções dela é investigar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here