Precisamos tirar Pedro Gome da situação que vive hoje, gerar emprego para as pessoas da cidade” destacou durante a entrevista.

por:Paulo da Silva

O ex-prefeito José Mendes Fontoura, o Zé do Mano (PV) foi o último a ser entrevistado em um programa de rádio com pré-candidatos a prefeito na cidade pedrogomense

Nostálgico, Zé lembrou dos mutirões que fez em Pedro Gomes, onde envolvia toda a comunidade. Falou que em sua época não tinha muito dinheiro como se tem hoje, citando Sonora que era anexada para Pedro Gomes e que não gerava renda para a cidade. Criticou as pavimentações asfálticas com asfalto sem qualidade. Destacou a construção das casas. Pretende fazer como antes, em sistema de mutirão fazer casas para a população sem pagar prestação. 

A entrevista com Zé do Mano chegou a ser suspensa pelo apresentador, que depois reconsiderou ao ser notificado por Zé do Mano que recorreria à Justiça se a entrevista não fosse mantida. Caso Zé não falasse neste domingo de Dia dos Pais, não poderia ser mais questionado. O prazo para entrevista termina no próximo sábado, 15. Zé do Mano só poderia ser questionado na condição de candidato.

Boi no rolete e a confecção de roupas são seus projetos principais para alavancar a cidade tanto econômica como cultural. Criticou a demora na reativação da agencia do Banco do Brasil e se fosse ele prefeito fecharia a BR-163 para pressionar, nem que para isso fosse preso. Quer abrir para que possa vir outra agência bancária na cidade. 

Sobre a Saúde, voltou a relembrar o passado. E falou sobre as parcerias que o ajudavam a levar saúde para as pessoas. Citou que irá trazer médicos pediatra morando aqui dentro da cidade. E que irá acabar com nascidos em Coxim, não temos mais nascimentos em Pedro Gomes. Que irá comprar remédios para a população para que o cidadão não comprometa seu gasto no fim do mês.  E criticou as idas do cidadão ao ter que ir na justiça para reivindicar tratamento em saúde e prometeu dar condições de saúde para o povo e lembrou de forma incisiva.

O apresentador Sula, lembrou que foi Secretário de Saúde na gestão de Zé do Mano e lembrou de suas ações na gerência e que foi prejudicada por vereadores na época que pressionou para a sua retirada. Zé do Mano lembrou que os médicos tem que criar vínculo com o paciente e criticou os médicos plantonistas na cidade. “Médico pra mim tem que morar no município”, declarou. Que irá empenhar-se para manter os médicos para residir aqui em Pedro Gomes. 

O Zé chorou… 

Em duas ocasiões, Zé do Mano foi as lágrimas. Ao ser questionado por ajudar formar os Professores na cidade se emocionou e falou que é uma emoção muito grande ter ajudado a formar tantos profissionais nesta área. Uma música de fundo foi colocada, aí que o Zé chorou mesmo. Salpicava lágrimas no entrevistador, e só não molhou o microfone porquê tinha aquela espuminha para proteger a cabeça. Por aqui a milieide (a mamãe) chorou uns gatos de rua miavam, a cachorrada uivava e eu não chorei.  

Pois bem, recuperado disse que na primeira semana de sua gestão informou que já conversou com o Senac que doará 50 máquinas para fazer curso de corte e costura e conclamou o comércio a abraçar o projeto de fabricar blusas, camisetas, calcinha, meia e até roupas de crianças. “É o projeto que irá mudar a história de Pedro Gomes”, frisou.

Sobre as festas, o Zé falou que não são prejuízo que dão lucro e tem que ser de graça para os humildes. Falou em desfiles escolares, carnavais etc. 

Para finalizar a entrevista, parecia “enlouquecido”. Que tomara uma medida radical. Irá vender todos os veículos adquiridos pela atual gestão e irá reverter tudo isso para o pequeno produtor e criticou que tem funcionário que se apodera de veículos da prefeitura e que dorme em casa com veículo e lembrou que isso é crime. E por fim, chorou, derramou mais lágrimas e se despediu ao som de músicas caipiras.

4 COMENTÁRIOS

  1. Senhor José Mendes Fontoura Neto esse tipo de projeto é nós tratar como idiotas ou que Pedro Gomes são portadores de insanidade mentais faça-me um favor de isso é brincadeiracara você já decepciona como candidato isso é brincadeira não precisamos de porco no rolete isso não se chama progresso precisamos de alguém que por acaso venha vencer a próxima eleição que pense em Pedro Gomes isso isso não é pensar no progresso de Pedro Gomes me desculpe mas essa é a minha opinião não me apareça para tomar satisfação porque aí você vai ouvir muito mais

  2. Se morasse em Pedro Gomes, com certesa estaria ao lado do Zé, homem com visão e coragem, protetor dos mais necessitados…Zé do Mano na prefeitura, a cidade volta a ter credibilidade….

  3. Amigo meu projeto e a cooperativa de confeccoes ,vamos comprar 300 maquinas de costura, onde 1000 pessoas vao trabalhar, copiamos esse projeto de outras cidades que hoje são polos de comercio de roupas, vamos desenvolver um trabalho para que outras pessoas da cidade monte pequenos atêlie de constura, quanto a nossa proposta cultural dos rodeios com a marca do boi no rolete, venho comunicar que alguns pecuaristas nas visitas em suas fazendas me apoiram na idéia como uma forma de divulgar a cidade e a pecuária da região e que inclusive irão ajudar com insetivos para o churrasco do “boi no rolete”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here