Homem morreu ao colidir em traseira de caminhão na noite desta sexta-feira.

O motorista Erivaldo Fonseca da Silva, 62 anos, morreu em um acidente na BR-262 próximo ao assentamento Estrela em Campo Grande, na noite desta sexta-feira (5)

Informações apuradas pelo PNEWS asseguram que Erivaldo trabalhou na prefeitura de Pedro Gomes nos anos 90. O pai de Erivaldo ainda é vivo, tem quase 90 anos e reside na cidade. Trata-se de João Pinheiro da Silva, mais conhecido por João Baiano.

Ele estava morando no Rio Janeiro, e há pouco mais de dois meses retornou para MS para trabalhar na obra da fábrica de celulose em Ribas Rio Pardo.

De acordo com as informações do acidente, Erivaldo seguia em um Fiat Palio, quando colidiu contra a traseira de um caminhão carregado de madeira. O motorista do caminhão fugiu do local a pé, com receio de represálias de parentes da vítima.

As informações do acidente foi repassada a imprensa local pelo caminhoneiro, antes de evadir-se do local. O veículo guiado por Erivaldo estaria em alta velocidade e o caminhão carregado de madeira em baixa velocidade. Erivaldo não conseguiu frear e colidiu na traseira do caminhão. O caso foi registrado como morte a esclarecer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here