“Meu palanque eu já falei e vou repetir, pela enésima vez: estarei no palanque de quem der palanque ao presidente Bolsonaro.

A deputada federal, Tereza Cristina (PP) reforçou seu apoio ao atual presidente Jair Bolsonaro (PL) candidato a reeleição. Ela deve buscar a única vaga de senadora pelo Estado. “Meu palanque eu já falei e vou repetir, pela enésima vez: estarei no palanque de quem der palanque ao presidente Bolsonaro.

Agora, só falta Tereza  combinar com o eleitor sul-mato-grossense. A campanha ainda não está na rua, mas, sua fala é prenuncio  de querer impor condições a quem precisa do votos que ainda no Brasil é uma escolha livre de cada cidadão. Qualquer político que se preze, respeitando ou  não, tem que aceitar a escolha particular de cada um. Não impor. E isso tem que ser cristalino para políticos com tendências fascistas. O fascismo é uma ideologia política ultranacionalista e autoritária caracterizada por poder ditatorial, repressor da oposição por via da força e forte arregimentação da sociedade e da economia.

Pois bem, em pesquisas recentes, ela aparece bem atrás do primeiro colocado na disputa pelo senado em MS. A sua fala atrelada a um presidente que ameaça as instituições e atrás em recentes pesquisas, não ajuda em nada.

Terezinha no comando. Foto: Reprodução

Tereza comanda William

A deputada foi fotografada guiando um trator que foi destinado para a cidade pedrogomense. São maquinários agrícolas que irão fortalecer atendimentos nos assentamentos e dos pequenos produtores que fazem parte da Agricultura familiar. A fotografia diz tudo e mais um pouco.

O eleitor pedrogomense tende a se irritar com a virtual candidata de William que com sua passagem pelo Ministério da Agricultura deixou a cesta básica cara. Arroz, feijão, óleo, café… produtos a peso de ouro. Na hora de votar isso será posto as claras. Mas, pelo jeito, Terezinha está pouco se lixando para tudo isso. E ainda por cima dá piti; só quer em seu palanque quem apoia Bolsonaro. Ah, faz favor Tereza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here