Pretensos moradores tem até dia 9 de setembro para se inscreverem.

Após novas definições para aquisições das casas do ‘Loteamento Amarra Cabelo’, com as 28 asseguradas para Ribeirinhos, agora muitos pedrogomenses ‘brigam’ pelo restante das moradias, no caso 57 casas.

O Ministério de Desenvolvimento Regional e Ministério Público solicitou que a prefeitura fizesse demanda aberta, abrindo portanto para que todos possam se inscrever. Depois das inscrições haverá um sorteio aditável onde automaticamente os nomes serão conhecidos por preencherem os critérios determinados pelo governo federal. Todos poderão participar, mas para ter direito às moradias os cadastrados terão que se encaixar em critérios determinados pelo programa.  Além de ter renda de até R$ 1.800.

Pelas novas regras não são considerados para cálculo benefícios como prestação continuada (BPC), Bolsa Família, auxílio-doença, auxílio acidente e seguro-desemprego. Os candidatos não podem ser proprietários ou ter financiamento de imóvel.

Também estão proibidos de pleitear o programa as pessoas que receberam outros subsídos ou auxílios habitacionais da União, do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), Fundo de Desenvolvimento Social (FDS) e descontos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Para poder ter direito a uma das moradias do loteamento, conforme Josiane da Cunha os cadastrados passarão por 6 critérios:

♦Mulher chefe de família;

♦Pessoa com deficiência  e idosos;

♦Residir em área de risco;

♦Filhos com menos de 18 anos;

♦Doença crônica e incapacitante;

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here