Além de fazer busca ativa de não vacinados para evitar possíveis mortes.

Com o aumento considerável de casos, as autoridades de Saúde de Pedro Gomes deveria adotar medidas restritivas na cidade para conter o avanço dos casos de covid-19. Nos últimos dias, os novos casos só vem aumentando, superando recordes de casos nunca registrados na cidade pedrogomense. Grande parte da população está amedrontada e a atual gestão só assiste e não dá uma resposta para a situação.

Quer Que Eu Desenhe apresenta: Xô, coronavírus! (Foto: Bernardo França)
Quer Que Eu Desenhe apresenta: Xô, coronavírus! (Foto: Bernardo França)

Prefeito William Fontoura reage. Acione o Comitê de Enfrentamento à doença, que já ceifou a vida de 18 pessoas por aqui. Precisamos de uma ação efetiva urgente.

O número crescente de contaminados gera um alerta, tanto pelo fato de que mais vírus circula, mutações (variantes) podem até surgir. Por conta disso, não se deve descartar a possiblidades das medidas restritivas serem adotadas pelo Comitê de Enfrentamento à covid-19. Precisa-se de ação mais enérgicas no enfrentamento da doença. As medidas tem que ser para evitar a contaminação, não para enfrentar os contaminados- é público e notório que nosso sistema não suporta esse modelo de enfrentamento da doença.

Reage, William!

Mesmo os casos da contaminação serem sintomas leves, ainda há uma demanda por atendimentos nas unidades de saúde. No hospital da cidade é notório que os casos de contaminados e suspeitos estão sobrecarregando o sistema. A situação só piora em decorrência do aumento de pessoas com sintomas de gripe, o que dificulta o atendimento de outros problemas de saúde.

A ação de enfrentamento à doença tem que ir para as massas, fazer barulho, fechar campos de futebol, ginásios, restringir pessoas em estabelecimentos comerciais, cultos e missas. Reprimir as aglomerações em praças e conveniência. A atual gestão está falhando nisso, e os casos só crescem.

Ir atrás dos ainda não vacinados. Tem pessoas com doses atrasadas. A cidade de Pedro Gomes se destacou na vacinação, mas ainda temos pessoas que não se imunizaram e precisam ser vacinadas, inclusive com a 3ª dose que reforça os anticorpos que como se sabe, vai perdendo a força após 4 meses.

A iniciativa tem que ser agora. Senão daqui a pouco será tarde demais e a história vai cobrar daqueles que foram omissos. É a nossa opinião.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here