Durante toda a semana altas temperaturas irão se destacar na penúltima semana de setembro; chuvas devem cair no domingo.

 

Os serviços de meteorologista alerta para uma semana quente na cidade pedrogomense. Neste domingo (19) os termômetros marcaram 28° C a mínima e 40° C a máxima, com ar muito seco. A umidade relativa do ar ficou entre 8% a 24%, níveis registrado no deserto do Atacama.

A onda de calor irá se estender durante toda a semana, com as temperaturas ultrapassando os 40ºC, na terça-feira e quarta-feira os termômetros irão registrar 41°C de máxima. A baixa umidade relativa do ar é preocupante, ficando em até 14%.

A partir de quinta-feira (23), o tempo tende a melhorar com o aumento de nebulosidade, mas sem previsão de chuvas. A semana termina com temperaturas entre 25º e 37°, pode chover no domingo, 25 em forma de pancadas.

Perigo…

Em relação à saúde, o calorão pode afetar as pessoas em três sistemas orgânicos diferentes: cardiovascular, dermatológico e alimentar. Do ponto de vista cardiovascular, quando a temperatura esquenta, os vasos sanguíneos dilatam. Isso faz com que a pressão arterial baixe, produzindo na pessoa tontura, fraqueza, sonolência e até desmaios.

Na parte dermatológica, as altas temperaturas colaboram para a proliferação de bactérias e fungos, o que pode causar micoses, surtos de conjuntivite e queimaduras de sol. Sem contar a proliferação de mosquitos, aumentando o risco de dengue, zika, etc. Do ponto de vista alimentar, como a pessoa sua mais que o normal neste calorão ; além de perder água do corpo, também perde os eletrólitos. Para repor tudo isso, não basta tomar só água. São necessários sucos e água de coco, além de comer mais frutas e vegetais, para repor as proteínas perdidas e sais minerais perdidos no suor. Além disto, os alimentos estragam mais facilmente, o que pode gerar intoxicações alimentares e diarreia.

Idosos e crianças perdem mais água. Por isso precisam ingerir mais líquidos ao longo do dia e serem mais observados e mantidos em locais arejados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here