De acordo com Reges, PA de Sandoval estava 150/90; Mauro Júnior disse ter sido avisado.

Os vereadores Reges Nunes e Sandoval de Oliveira, ambos do PTB justificaram a saída antecipada da sessão de ontem (21) durante a abertura dos trabalhos  da Casa de Leis. De acordo com Reges, Sandoval que é tio do vereador alegou pressão alta, por isso teve que sair antes do término da sessão. Mauro Junior que comanda os trabalhos da Mesa diz ter sido comunicado.

Como se sabe-, ao menos pelos moradores da cidade e que conhecem as dependências da Casa não existe nenhum postinho de pronto atendimento, para que pudesse verificar a pressão do parlamentar. Não há registro de atendimento no Hospital Municipal com o quadro hipertensivo do vereador Sandoval. De acordo informações colhidas para este post, apenas foi verificado o valor que a pressão do sangue fazia naquele momento nas veias do edil da Casa de Leis que revelou uma PA aparentemente boa: 150/90.

Um dos pares reconhece a falha de não comunicar os presentes, por meio dos microfones que tem na mesa de cada parlamentar. Reges até teria mandado o parente tomar água, o que nesse caso, parece não ter ajudado muito, pois os dois se retiraram do Plenário e não retornaram mais.

“PNEWS agindo pela maldade”

O PNEWS apenas retratou o fato que ocorreu durante a sessão, como também reportou a iniciativa boa da Casa em sugerir ao executivo municipal um projeto da isenção da taxa de lixo para os aposentados e pensionistas, aprovada pelos vereadores ontem.

Ao relatar o episódio, da saída fora de hora dos ‘dois nobres colegas parlamentares’ apenas retratou o episódio e que deixou os presentes constrangidos, sem serem ao menos comunicados da partida inesperada dos dois vereadores. Não há maldade, apenas um fato e faz parte da editoria do PNEWS procurar retratar, fatos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here