PT sem força nas urnas.

por: Paulo da Silva

O Partido dos Trabalhadores, o PT teve uma inexpressiva votação nas urnas neste último domingo e não terá nenhum representante na Câmara de Vereadores. Foram ao todo 8 candidatos que somados não retornaram a Casa de Leis.

A mais votada do partido foi Ivone Gari. Obteve 54 votos. O Professor Zezinho teve 52. Jairo do Hospital teve 46, Dr. Jânio 36, Marcos Capoeira 34, Jaelita Sales 27 e Chico do PT fecha a conta obtendo somente 22 votos.

Ex-prefeito Vanderley ao lado da ex-presidente Dilma Rousseff. Tempos bons aqueles.

Foi-se o tempo que o petismo era protagonista nas eleições. O candidato derrotado nestas eleições, Vanderley Mota iniciou a sua vida política no PT, quando foi eleito por 5 votos no pleito de 2000. Nessa ocasião, um vereador do partido ocupou uma das nove cadeiras no legislativo. Vanderley saiu do partido e o partido se ‘acabou’ na cidade.

Ninguém dentro do petismo municipal pode prever o futuro. Entretanto, como agem no presente é fácil deduzir o que ocorrerá na frente. Ninguém na sigla é aguerrido, toma frente diante de temas belicosos, se acomodam. E o resultado é esse, como vimos, um fiasco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here