Iniciativa foi por conta de boicotes por parte de seus pares na Câmara de Vereadores; gestão tem 15 dias para responder os pedidos.

Sem o apoio da maioria de seus pares na Casa de Leis, o vereador Jairo Santos (Patri) protocolou seus requerimentos diretamente na Prefeitura Municipal de Pedro Gomes. Jairo entregou os pedidos na ala jurídica da municipalidade que tem 15 dias para se manifestar.

Jairo pediu cópias de todos os contratos celebrados entre o município e as empresas de transporte escolar de alunos da rede pública desde do ano passado. Cópias de mapas e a quilometragem de cada uma das linhas de ônibus,  dos motoristas que fazem as linhas além de pagamentos efetuados pelo Tesouro Municipal também foram solicitadas.

O vereador também quer saber dos relatórios de fiscalização dos contratos celebrados entre o município e as empresas de transporte escolar e cópias dos processos licitatórios.

Ação de Jairo tem respaldo numa decisão do STF.

A iniciativa de Jairo revela o quanto anda seu relacionamento entre a maioria entre os pares da Casa. Os pedidos de requerimentos feitos diretamente nas sessões são em sua maioria rejeitados pelos demais vereadores. Jairo por meio de sua assessoria jurídica se respalda em uma decisão unanime do Supremo Tribunal Federal, o STF que estabeleceu a decisão de que qualquer cidadão, assim como o vereador pode requerer diretamente ao poder executivo informações sobre os gastos públicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here