A possibilidade da reconstrução da agência bancária da cidade são desanimadoras. A crise que assola o país e vitima os municípios de pequeno porte como Pedro Gomes, dificulta mais ainda a reconstrução da agência destruída em novembro do ano passado por bandidos fortemente armados.

Saudades…

A maioria dos bandidos já foram presos, entretanto os Pedrogomenses padecem. Tem que esperar em longas filas nas lotéricas e Correios ou se dirigir até a cidade mais próxima para poder realizar saques, pagamentos entre outros. Está é a nossa realidade. Está difícil. 

As opções; lotérica e Correios, por determinação da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) só funcionam meio período, isto por medida de segurança para evitar novos assaltos. Para piorar nossas esperanças são parcas. Já houve cinco sinistros, como é classificados os assaltos seguidos de destruição das agências. Caso ocorra a reforma se houver mais um, a agência é automaticamente fechada.

A solução seria a criação de um sistema de segurança como a monitoração de câmeras e mais contingente policial. Isso deduz investimentos por parte dos governos, que alegam que estão quebrados. Estamos num beco sem saída e enquanto isso, sofremos.

Será o fim?!