Sem nomes para encarar as urnas, MDB tende a se render a tentativa de reeleição de ex-prefeito Vanderley Mota.

por:Paulo da Silva

O ex-deputado e Presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Junior Mochi, MDB irá realizar uma reunião ainda este mês (agosto) em Pedro Gomes e na pauta-, as eleições de 2020. Mochi já estaria articulando apoio ao ex-prefeito Vanderley Mota, PSB  e virtual candidato ao pleito do ano que vem. Mochi domina a cúpula emedebista na cidade e estaria disposto dependendo da conversa, construir uma via com Mota no embate eleitoral pela prefeitura pedrgomense.

O partido liderado por Mochi na região está sem nome a altura. Suas principais lideranças na cidade, como a ex-prefeita Maura Jajah recusa encarar as urnas. Gustavo Mota, que hoje ocupa a vaga de vice-prefeito sinaliza aposentadoria das pelejas eleitorais em Pedro Gomes. Tais atitudes deixam o MDB sem opções dentro do grupo, forçando a viabilização política na cidade.

No detalhe, Vanderley em reunião na governadoria quando ainda geria Pedro Gomes. Prefeito de Costa Rica, outra liderança do MDB marcando presença.

Mochi virá com gente graúda do partido para pavimentar, ou mesmo pré selar o apoio a Vanderley que já disputou quatro eleições na cidade, com duas vitórias, derrotando por duas vezes e por diferenças ínfimas nas urnas, a maior referência do próprio MDB na cidade, Maura Jajah. O tempo passou mas mesmo assim o MDB continua dando as cartas eleitorais na cidade. Foi o MDB que deu vitória inconteste a William nas eleições de 2016, sobre Vanderley. Veio as eleições para governo e o partido nadou de braçada eleitoralmente na cidade. Jogou à lona os tucanos que enfraquecidos foram derrotados no primeiro e segundo turno. O partido continua com “salto alto”  e pretendem repetir o feito em 2020.

Junior Mochi, liderança inconteste dentro do MDB. Aqui um registro de uma reunião da ex-prefeita Maura Jajah e demais lideranças com o então governador André Puccinelli

É dado como certo que o MDB não caminhará com o projeto de William Fontoura, que já estaria em conversas avançadas com Tereza Cristina, a ministra apelidada de “musa do veneno” para se filiar ao DEM, ou mesmo com o PSDB que tem Dr. Jean Rommy como possível candidato.

Enquanto isso no Palácio do Amarra cabelo…

O prefeito William Fontoura, PSDB conversa sobre o pleito de 2020 de forma reservada. No momento certo deverá mudar de partido, especula-se que seja o DEM e as pesquisas irão indicar o seu rumo político. O prefeito destaca as várias obras que foram conquistas para Pedro Gomes dentro de sua gestão e a retomada de obras estruturantes que foram paralisadas na gestão do ex-prefeito Vanderley Mota.

Enquanto isso, o prefeito William despacha

Partidários de William acompanham atentos os passos doe eventuais adversários políticos. Dizem-se tranquilos quanto à disputa do ano que vem. Avaliam que a população é inteligente para discernir em quem ela deve depositar o seu voto. “Não podemos regredir, votando em quem está de olho na cadeira da prefeitura para melhorar a vida pessoal, e abandonar a cidade a própria sorte”, avaliam.

Em tempo, Pedro Gomes conta com outros virtuais candidato a prefeito, são eles: Dr. Jean Romy, Saner Paulo, Roberto Merce,  Zé do Mano, Osmam Machado, Silvio Carlos… Ufa!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here