Sandoval falou até em pedir a suspensão do contrato, por conta da demora em conclusão das obras.

por:Paulo da Silva

A demora na conclusão das obras de drenagem e pavimento no bairro São Luiz dominou a discussão por parte dos vereadores na última Sessão Ordinária da Casa, ocorrida na noite desta segunda-feira(27).

 

Boa parte dos parlamentares criticaram a demora na conclusão das obras no bairro. “No principal  trecho que liga a cidade ao bairro, as obras estão na mesma situação há mais de 60 dias e nada de conclusão”, relembrou Maquielves Lopes Grison, o Pequeno(PSDB). As obras na São Luis estão ocorrendo de forma lenta e trazendo transtorno à população.  “Os acessos estão bloqueados, mesmo assim as obras não andam”, completou. O prazo para a entrega das obras de drenagem e pavimento em alguns trechos é de até 180 dias. O prazo começou a contar desde de março deste ano.

Os vereadores, Nicanor Farias, Dica e Mauro Júnior se manifestaram com a mesma preocupação e citaram a proximidade das chuvas, o que poderá inviabilizar de vez a conclusão das obras no local.

São  obras de drenagem e pavimentação asfáltica para a Vila São Luiz, investimento realizado pelo governo  de Reinaldo Azambuja(PSDB), na administração do prefeito William do Banco do mesmo partido. As ruas que recebem neste período as obras são: Fortaleza, Constituição e João Batista Pães. Vias que ficam alagadas  trazendo transtornos para os moradores. Porém, as obras não estão avançando, observa os vereadores.

A vereadora Tânia Fontoura (PR), já esteve visitando a obra no Bairro São Luiz

 

O vereador e Presidente da Mesa Diretora da Casa, Sandoval de Oliveira(SD), pediu que fosse marcada uma reunião entre os vereadores em caráter de urgência. Na tribuna, o parlamentar questionou a capacidade da empresa em concluir as obra em curso e falou até mesmo, pedir a rescisão de contrato da empresa que segundo o mesmo vereador  é responsável por outra frente de obras dentro do mesmo bairro.