Operação de busca e apreensão na prefeitura reforça inquérito policial contra o político na DEAM.

RCBN

Subiu para 15 o número de mulheres que procuraram a polícia para formalizar queixa contra o ex-prefeito e candidato a governador Marquinhos Trad, investigado pela prática dos crimes de estupro, favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual, assédio sexual, importunação sexual, perseguição, posse sexual mediante fraude e vias de fato.

Essa foi a informação que o jornalista Edir Viégas trouxe com exclusividade na coluna CBN em Pauta desta terça-feira (9), data em que a Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão na prefeitura de Campo Grande no âmbito do inquérito que apura as denúncias contra o ex-prefeito.

Computadores, arquivos de câmeras de segurança e documentos foram apreendidos na operação, desencadeada por ordem judicial e com anuência do Ministério Público Estadual após representação da delegada Maíra Pacheco, titular da DEAM.

É cada vez mais complicada a situação do ex-prefeito“, disse Edir Viégas, que classificou como factoides as tentativas de Marquinhos Trad de desconstruir as denúncias a partir do “interesse financeiro” das quatro vítimas que inicialmente procuraram a polícia e formalizaram as denúncias contra o político.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here