por:Paulo da Silva

A eleição da Mesa Diretora da Câmara municipal de Sonora marcada para acontecer hoje(26), é uma forma de planejar os trabalhos da Casa de Leis, tendo em vista as eleições deste ano que escolhe deputados, senadores, governadores e o futuro presidente da República.

A medida é para evitar a influência externa do próprio pleito eleitoral e prejudicar os trabalhos da Casa Legislativa, avalia os pares da Casa. Nomes para ocupar a Presidência do Poder Legislativo, como do vereador Raphael de Lemos, hoje atual 1º secretario, e João Albuquerque  atual vice-presidente são os mais cotados para comandar a presidência no biênio de 2019/2020.

O novo presidente da Mesa Diretora irá administrar uma receita de R$ 3 milhões ao ano. Valor  que é o duodécimo repassado pela prefeitura Sonorense para atender as despesas como funcionalismo, diárias dos parlamentares que precisam viajar em cursos e atender a demanda do município de Sonora.