Líder do MDB se agrupa e prepara “ofensiva” contra prefeito sonorense; Enelto teme eventual vitória de Puccinelli.

O MDB de Sonora se prepara para um confronto, quase que de sangue no pleito que se avizinha. O ex-prefeito Antônio Zelir Maggioni, o Mano principal liderança emedebista na cidade já fez circular um vídeo com elogios ao ex-governador André Puccinelli, pré-candidato ao governo do estado. É um esquenta que haverá sim confronto ideológico contra o prefeito Enelto Ramos (DEM) que se tornou persona non grata no MDB. Veja o vídeo:

Nas eleições de outubro, o que se desenha no cenário político sonorense, é que o atual gestor, terá que enfrentar uma nova eleição. Terá portanto, que medir forças novamente com caciques do MDB local e o que é pior, Enelto não tem a seu lado forças políticas robustas. Tem um vice-prefeito que é de dentro de igreja evangélicas, o que em tese é uma base eleitoral forte. Mas, lá eles (os crentes) ouvem o pastor Valter. Enelto quer agradar a todos e acaba não satisfazendo ninguém. Fato. Até pousou com imagem da santa dos católicos o que fez alguns crentes, fiéis ao prefeito torcerem o nariz.

Pois bem, o fato é que o MDB está com gosto de sangue na boca-, quer vingança pela “traição” de Enelto que abandonou a sigla, depois de se tornar prefeito em seu primeiro mandato, indo para o DEM de Tereza Cristina.

A eventual vitória de Puccinelli vem tirando o sono de Enelto que sabe que Punccinelli valoriza as raízes do MDB e caso retorne ao comando do estado irá “caçar os traíras” em todo os 79 municípios. Entre eles, Enelto que já sofre na cidade sanções indiretas do grupo do MDB, que boicotam inclusive compras em sua empresa, uma farmácia que é sócio com sede nas proximidades da prefeitura.

Outros tempos: Aqui um registro de Enelto sendo afagado por André em sua primeira investida rumo a prefeitura

Para as eleições deste ano, Enelto e patota tem duas preocupações: terão que se desdobrarem para ajudar Tereza Cristina-, que tem planos de disputar cargos eletivos, e se preocuparem com o nome de André Punccinelli no páreo. Parece que a conta da traição de Enelto está batendo na porta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here