Com a saída do prefeito Enelto Ramos da sigla que assinou filiação ao DEM, o partido está enfraquecido.

por:Paulo da Silva

A cúpula do MDB reuniu-se na tarde desta terça-feira (24), num encontro a portas fechadas onde a pauta principal foi de reorganizar o partido para a eleição do diretório municipal, que deve ocorrer no próximo sábado, 29.

 

Várias lideranças emedebistas ainda veiculadas a gestão de Enelto marcaram presença. O partido em Sonora passa por um momento delicado. Sem força na gestão de Reinaldo Azambuja e sem presença no governo de Jair Bolsonaro, Enelto foi como que forçado a se filiar a um partido que viabilizasse vantagem para Sonora. Foi nesse sentido que teria pesado mais a troca do MDB pelo DEM pelo prefeito sonorense.

Emedebistas esperam que a eleição do novo diretório soe como um novo fôlego para partidários recuperem as forças e, talvez, o protagonismo no cenário político sonorense. É certo que o partido ficou enciumado com a saída de Enelto.

Eleições 2020…

Depois da eleição do  diretório do partido, é que se pensará nas eleições do ano que vem. Uma fonte assegurou ao OPORTALPNEWS que o partido já cogita um nome para a disputa na majoritária no ano que vem. “Que o MDB amadurece a ideia de ter candidato próprio nas eleições de 2020” assegurou a fonte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here