Policial teria atirado no pé da mãe do jovem que revidou com luta corporal e tiro fatal contra o policial.

O sargento Francisco Targino da Cruz 50 anos, lotado no 2º Pelotão de Sonora-MS foi morto por um jovem de 18 anos, que após luta corporal com o policial, tomou-lhe a arma e disparou na região do tórax.

De acordo com o registro do site de notícias MT Agora o motivo teria sido para defender a mãe. O jovem foi identificado como Rafael Alves Rodrigues de 18 anos, que foi preso após o ocorrido. Segundo relato do noticioso, o jovem teria presenciado uma discussão do policial com a mulher que seria sua mãe e por ciúmes o policial teria atirado contra o pé direito da vítima. Eles retornavam de uma festa.

Ao presenciar a ação, o jovem entrou em luta corporal contra o policial, conseguiu tomar a arma e disparou acima do peito do sargento que acabou morrendo. Uma guarnição policial que estava próxima ouviu os disparos e se deslocou para o local. Os militares encontraram a mulher e o policial caídos no chão e Rafael com a arma de fogo nas mãos. O suspeito não reagiu, foi algemado e preso em flagrante pelo homicídio.

Uma equipe médica do SAMU foi acionada, Francisco foi socorrido e encaminhado ao Hospital Regional, mas não resistiu. A mulher também foi atendida e confirmou a discussão com o policial, o que motivou  o ato trágico do filho. Outros dois filhos menores da mulher presenciaram toda a cena.

A Polícia Civil investiga o ocorrido.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here