Medidas visão ajudar pessoas carentes como beneficiários do Bolsa Família.

por:Paulo da Silva

O prefeito Enelto Ramos(DEM) encaminhou à Câmara Municipal de Sonora, um projeto que proíbe a cobrança de taxa de iluminação pública para carentes, em especial aqueles que são atendidas pelo Bolsa Família.

É uma medida temporária emergencial, considerando a necessidade de promoção de medidas sociais e econômicas para atenuar os efeitos da pandemia do novo coronavírus. A suspensão da cobrança, se aprovada pela Casa, valerá por 90 dias. Enelto espera contar com a aprovação do projeto pelos pares do legislativo.  “Desde o início do nosso mandato essa parceria(Executivo e Legislativo) tem dado muito certo”, declarou o prefeito.

De acordo com Enelto, a isenção, tem como objetivo ajudar as famílias afetadas economicamente pela crise provocada pelo Covid-19, assim elas podem se reorganizar para realizar os pagamentos futuros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here