O candidato ao governo do Estado pelo MDB, Osvaldo Júnior Mochi cobrou durante o debate eleitoral promovido pela TV Morena, os repasses do governo estadual, ao Hospital Regional Alvoro Fontoura, em Coxim que estão atrasados.

 Mochi chegou a ironizar  as citações de Azambuja quando se referia aos investimentos  nas microrregiões em especial ao hospital da cidade onde Mochi tem sua atuação política. O candidato emedebista ainda aproveitou para cobrar o funcionamento total dos hospitais, tanto  da região da grande Dourados, como os da Capital, Campo Grande.

 

A diretoria do hospital divulgou uma dívida milionária da unidade de saúde que poderá em breve comprometer o atendimento no HR  Coxinense. A arrecadação mensal é de R$ 1,1 milhão, entretanto seu custo é de R$ 1,5 milhão.  Um dos motivos da dívida é a falta de repasses pelo próprio governo de Reinaldo para a manutenção da hemodiálise que tem custo de 160 mil ao mês, para manter o serviço.